Ir para o conteúdo

fusee-gelee

Agora que você já sabe que a falha de desbloqueio que você irá utilizar é a fusee-gelee, iremos dar prosseguimento a parte prática em si do desbloqueio.

Note

Caso seu Nintendo Switch seja de uma versão em que é "Possivelmente corrigido" e você quer somente verificar se ele é ou não, baixe esse payload e vá para a parte Acessando o modo RCM e enviando o payload.

Warning

Se você irá desbloquear utilizando a falha Deja-vu, pule essa parte do tutorial clicando nesse link ou utilize a lista na lateral esquerda.

A primeira coisa que você deve aprender para utilizar esse método é saber colocar seu Nintendo Switch no modo RCM e enviar um payload para ele através de um outro dispositivo.

Como foi dito na introdução desse guia, esse modo RCM é necessário para que se consiga explorar a falha fusee-gelee utilizando uma custom bootloader chamado "Hekate".

O que você precisa

Para colocar o Switch em modo RCM será necessário alguns programas e utensílios físicos que iremos listar abaixo e explicar o que é cada um:

Jig

Jig é uma peça que pode ser feita através de impressora 3D, utilizando clips de papel ou ser comprada no Mercado Livre ou AliExpress por exemplo, pesquise por "Jig Nintendo Switch" no Google que você irá encontrar modelos para se adquirir ou fabricar o seu próprio. A função do Jig é dar um mini-curto no seu Switch, e somado a outros procedimentos, coloca-lo em modo RCM.

Um dispositivo para enviar o payload

Um computador com Windows ou celular com Android é necessário para que através de um software o payload seja enviado para o Switch em modo RCM.

Um cabo USB tipo C para tipo A/C/mini-USB

Um cabo USB para que seja feita a conexão entre o Switch e seu computador/celular, Tipo C para A se você irá realizar pelo computador ou Tipo C para C/mini-USB se for utilizar seu celular.

Um software de envio do payload

Esse software irá realizar o envio do payload para o seu Switch, qual software irá depender de qual dispositivo de envio você irá utilizar.

Cartão micro SD

Recomenda-se um cartão de pelo menos 64gb para que se realize o desbloqueio e utilize-se das suas funcionalidades de forma satisfatória.

payload

Como dito anteriormente, iremos utilizar o Hekate, mas caso você só queira verificar se seu Switch é a versão corrigida ou não, disponibilizamos acima o link para um outro payload que faz essa função.

Preparando o cartão micro SD

Antes de colocar o Switch em modo RCM e enviar o payload para ele, devemos preparar o cartão micro SD com os arquivos necessários para que o desbloqueio ocorra de fato, também estamos disponibilizando o link para algumas homebrews úteis, segue abaixo uma lista de tudo o que você precisa baixar.

Note

Se você irá instalar uma Emunand no seu Switch, instale-a primeiro antes de proceseguir com a preparação do cartão micro SD, pois no processo de instalação da Emunand você primeiramente precisa formatar seu cartão SD. Guia para instalação de uma Emunand (o que recomendamos) está na página Procedimentos de Segurança.

Attention

Se seu cartão micro SD está formadtado como exFAT, somente as firmwares 5.1.0+ tem suporte a esse formato.

Note

Se você irá somente verificar se o Switch é a versão corrigida, esses arquivos não são necessários.

Hekate

Hekate é o custom bootloader e o payload que você irá precisar para o desbloqueio, baixe o .zip mais recente, a pasta "bootloader" você coloca na raiz do micro SD, já o arquivo .bin (payload) você irá utiliza-lo com um outro software no seu computador ou celular.

Atmosphere + Homebrew Menu

Atmosphere é a CFW free que iremos utilizar para o desbloqueio e o Homebrew Menu é um software que irá te dar acesso as homebrews instaladas no seu Switch, baixe o .zip mais recente e extraia na raiz do micro SD.

Signature Patches (ES/FS/ACID/nocmac)

São arquivos necessários para que você possa executar os jogos em formato .nsp (Essa CFW no momento ainda não executa jogos no formato .xci), baixe o .zip mais recente e extraia na raiz do micro SD.

Módulos Sys

Módulos Sys são alguns softwares que são necessários para que algumas homebrews funcionem corretamente, baixe o .zip mais recente e extraia na raiz do micro SD.

Homebrew App Store

Esse é um homebrew em que você pode usá-lo para poder baixar outros homebrews diretamente pelo Switch, extraia na raiz do micro SD.

Homebrews Básicos

Essa é uma lista de alguns homebrews que você pode utilizar, existe uma variedade muito maior que você pode encontrar na internet, baixe o .zip mais recente e extraia na raiz do micro SD.

Warning

Alguns homebrews depende de uma configuração específica para que funcione corretamente, a informação de como configurar você pode encontrar na página principal de cada homebrew no GitHub, não iremos explicar esse processo de configuração nesse guia.

Acessando o modo RCM e enviando o payload

  1. Desligue seu Nintendo Switch

  2. Coloque o Jig no encaixe do joy-con direito

  3. Pressione os botões Volume up + Power

Se seu Switch não ligar pressionando esses dois botões é porque ele está em modo RCM

Colocado o console em modo RCM, agora você irá injetar o payload através de um software, siga para a parte em que iremos explicar como prosseguir dependendo de qual dispositivo de envio de payload você irá utilizar (Windows ou Android)

Windows

O software de envio de payload no Windows é chamado de TegraRcmGUI e pode ser baixo por esse link (baixe sempre a última versão).

  1. Abra o TegraRcmGUI.

  2. Navegue até a aba "Settings".

  3. Clique em "Install Driver".

  4. Navegue até a aba "Payload".

  5. Plugue seu Nintendo Switch (já em modo RCM) no computador através do cabo USB.

  6. Após plugar o Switch no computador, o Windows deve fazer um som de aviso.

    Se seu console ligar nessa parte é porque o modo RCM não está ativo.

  7. Se tudo deu certo, você deve notar que no software TegraRcmGUI está aparecendo um ícone verde com uma mensagem "RCM OK".

  8. Selecione o arquivo .bin (payload) que você baixou no repositório do Hekate, aquele que você salvou no computador.

    Caso você irá somente verificar se o Switch é a versão corrigida, utilize o payload de teste que você baixou lá no começo da página.

  9. Selecione "Inject Payload".

Android

O software de envio de payload no Android é chamado de Rekado e pode ser baixado por esse link (.apk).

Note

Caso não saiba fazer a instalação de um arquivo .apk no seu celular com Android procure no Google ou Youtube.

Important

Não se esqueça de transferir o payload para o seu celular também (payload de teste ou payload o Hakate).

  1. Abra o Rekado no seu celular.

  2. Navegue até a sessão de Payload e aceite a permissão de armazenamento.

  3. Clique no botão + e selecione o payload do Hekate (.bin).

    Caso você irá somente verificar se o Switch é a versão corrigida, utilize o payload de teste que você baixou lá no começo da página.

  4. Plugue se Switch no seu celular utilizando o cabo USB.

  5. Seu celular deve aparecer uma janela para abrir o Rekado como uma opção padrão, aceite isso e pressione OK.

  6. Abaixo do "Select Injector menu", toque em "Boot Payload" e "payload de sua escolha (Hekate ou de teste)".

Hekate

Após injetar o payload você irá perceber que o menu do Hakate foi aberto na tela do seu Switch.

Tecnicamente seu console está desbloqueado e pronto para o uso.

Important

Nós recomendamos você seguir alguns procedimentos de segurança pro seu console, como por exemplo fazer um backup da sua NAND e outras coisas. Caso você queira saber como realizar esses procedimentos de segurança siga para a sessão "Procedimentos de segurança".

Teste de versão do Switch

Se você irá somente verificar se o seu Switch é a versão corrigida ou não, utilize esse payload de teste (fusee-test.bin), é o mesmo que você baixou lá no começo da página.

Success

Quando você injetar o payload e uma mensagem de sucesso aparecer no Switch é porque ele não é uma versão corrigida.

Failure

Caso não aparece nada é porque seu switch é da versão corrigida.

Se seu Switch é a versão não corrigida, volte para O que você precisa e continue o guia por ali.

Se eu Switch é a versão corrigida, vá para a página Deja-vu.